Categorias

Não tenho garagem. E agora?
8 abr

Não tenho garagem. E agora?

Deixar o carro “dormir” na rua é um fato que preocupa muita gente e pesa bastante na tomada de decisões. A escolha de comprar ou não um carro pode ser influenciada pela falta de um local adequado para estacionar. Além disso, a procura por casas e prédios com garagem se torna prioridade para quem já tem um carro e precisa se mudar. 

Se está passando por alguma dessas situações, então este texto é para você! Vamos dar algumas dicas importantes para você cuidar do seu carro mesmo sem ter uma garagem para acomodá-lo.  Acompanhe! 

 

Riscos da ação do tempo

Embora não seja a opção favorita dos donos de veículos, às vezes é inevitável ter que estacionar o carro na rua durante o dia ou até mesmo a noite inteira. Deixar o veículo parado a céu aberto provoca sua exposição a diversos fatores naturais e as mudanças climáticas que podem causar danos imediatos ou ao longo do tempo. Veja a seguir alguns dos perigos de causas naturais que seu veículo corre e os cuidados que se pode ter para a prevenção.

1. Danos na pintura, lataria e componentes plásticos

Um dos principais componentes do carro que se deteriora com a exposição climática, principalmente ao Sol, é a pintura. A incidência dos raios solares sobre o veículo pode causar manchas, desbotamento da cor, ressecamento e microrrachaduras na pintura. Ela também pode sofrer danos causados pelas chuvas ácidas, que a corrói o acabamento e pode danificar os componentes metálicos do carro. 

Já as chuvas de granizo podem amassar a lataria do automóvel, que precisará passar por um conserto especializado caso isso ocorra. Nesse caso, é preciso recorrer a um serviço de martelinho de ouro, que faz parte da estética automotiva

O Sol também pode ser um inimigo dos componentes de borracha e plástico do veículo. A exposição frequente aos raios ultravioletas pode fazer com que estas partes do carro ressequem e rachem. 

Saiba como identificar os sinais que o seu carro dá quando está com algum defeito.

2. Queda de galhos e árvores

Pode ser que você procure abrigar seu carro do Sol embaixo de uma árvore, mas ao fazer isso é preciso ter ciência de que existe o risco de cair um galho seco ou até mesmo a própria árvore sobre o automóvel. Além disso, as árvores atraem raios, o que aumenta ainda mais o risco de danificar seu veículo. Portanto, de maneira geral é melhor evitar deixar o carro próximo a árvores por muito tempo, especialmente se houver previsão de chuva. 

3. Enchentes

Este tipo de incidente pode ocorrer com seu carro na garagem também, mas na rua ele está mais suscetível a ser atingido por uma enchente decorrente de uma forte chuva. 

Como proteger seu carro

  • Utilize uma cera protetora para encerar o carro com frequência ajuda a mantê-lo bonito e protegido.

  • Lave o veículo regularmente e não deixe sujeira acumular sobre ele.

  • Utilize uma capa protetora de qualidade para cobrir seu carro do sol e da chuva. 

  • Evite estacionar seu veículo embaixo de árvores.

  • Verifique se seu seguro tem a chamada cobertura compreensiva, que cobre casos de eventos naturais com enchentes e quedas de árvores.

  • Não tente andar com o carro no meio do alagamento, se a seguradora entender que houve agravamento do risco ela pode não cobrir as despesas.

Riscos de segurança

Além dos riscos naturais, ainda existem os perigos proporcionados pelas outras pessoas, que devem ser um ponto de muita atenção. Confira:

1. Furtos e roubos 

Deixar o carro estacionado na rua o deixa mais suscetível a sofrer roubos, estes podem ser tanto de equipamentos, como o rádio, pertences pessoais deixados no veículo, peças do automóvel e também do próprio carro. 

2. Arranhões e retrovisor arrancado

Ao deixar seu carro estacionado na rua você também o submete a sofrer arranhões e até mesmo que o retrovisor seja arrancado ou quebrado quando algum outro carro passa e bate nele sem querer.

3. Vidros quebrados e lataria amassada

Na rua o carro também está sujeito a esses riscos que podem ser ocasionados por acidente ou até mesmo por um ato de vandalismo. 

Como proteger seu carro

  • Depois de sair do veículo, cheque se todas as janelas e o porta-malas estão trancados, trave as portas e verifique se de fato estão fechadas.

  • Acione o alarme do carro e invista em travas de segurança, rastreadores GPS e bloqueadores de combustível.

  • Tenha seguro. Este é um elemento muito importante, e embora o fato do carro ficar estacionado na rua possa aumentar o valor do seguro, vale mais a pena investir em uma boa cobertura do que ter que arcar com custos elevados se tiver o carro roubado.

  • Se possível, feche os retrovisores para evitar danos. 

  • Evite parar em lugares movimentados, se você estacionar o automóvel em uma rua mais movimentada ele está suscetível a maior perigo de alguém por acidente bata ou encoste nele, principalmente se o caminho for estreito.  

  • Escolha bem onde estacionar. Evite áreas movimentadas demais, porque há um risco maior de esbarrões. Veja se não há crianças brincando na rua, já que as bolas podem quebrar vidros e amassar a lataria. 

Entenda o que está previsto na cobertura de seguro para carros usados.

Como escolher um carro

Não ter uma garagem de fato pode complicar um pouco a sua situação com o carro. Mas isso não significa que você não pode ser um veículo próprio!

Escolher o carro ideal deve levar em conta diversos fatores como suas necessidades; quantas pessoas irão utilizar o veículo; características do modelo; preço; valor de manutenção; valor de revenda; quilometragem rodada, idade e condições do veículo, no caso dos seminovos. Ou seja, são critérios pessoais. 

Mas se dentre a sua avaliação pesar o fato da ausência de garagem a dica é optar por carros do tipo hatch. Estes são compactos, mais baratos e simples, são mais fáceis de manobrar e estacionar em qualquer vaga, ideais para o dia a dia na cidade de famílias pequenas.

Há várias maneiras de evitar riscos e danos no carro que fica estacionado na rua. Busque seguir as dicas e principalmente parar em locais de maior proteção e ter um seguro com boa cobertura. 

 

Outra alternativa para quem não quer deixar o carro na rua é buscar por garagens pagas. Apesar de ser um gasto a mais, é uma garantia de que seu veículo estará bem protegido. Baixe nossa planilha de custos com carro para ajudar você na organização financeira com essa e outras despesas. 

 

VOLTAR AO INÍCIO