Categorias

Será que vale a pena ter um Peugeot ou Citroën?
7 abr

Será que vale a pena ter um Peugeot ou Citroën?

Com a grande variedade de marcas e modelos no mercado, é normal que os consumidores fiquem um pouco perdidos. Pesquisar a reputação das marcas e se informar sobre como os veículos performam no dia a dia é muito importante para fechar um bom negócio.

Uma das dúvidas mais frequentes de quem se interessa pelos modelos franceses é: será que vale a pena ter um Peugeot ou Citroën? 

Vamos esclarecer essa dúvida e falar um pouco sobre o custo benefício para ajudar você a tomar a melhor decisão de compra. Você vai entender a origem dessa dúvida e descobrir como a marca francesa está se reposicionando no mercado para atender cada vez mais consumidores brasileiros.

 

Por que a Peugeot e a Citroën desvalorizam tanto?

A Peugeot é bastante conhecida pela sua desvalorização. Com medo de perder muito do seu investimento inicial, muitos consumidores têm bastante resistência em adquirir um carro da marca. A má fama também atingiu a Citroën, que também integra a indústria automotiva francesa Grupo PSA.

A reputação dos carros franceses quanto à desvalorização começou logo com o lançamento da Peugeot no Brasil. Os modelos importados precisavam de uma manutenção especializada em tecnologia, que era mais cara e difícil de encontrar. Isso resultou em muitos problemas para o dia a dia dos consumidores. 

Um dos problemas era que os veículos eram seriamente prejudicados pelas condições climáticas. A refrigeração e a suspensão daqueles veículos importados não eram feitas para performar em um país tropical como o Brasil, causando muitas falhas mecânicas. Assim, ao mesmo tempo em que os veículos precisavam de manutenção frequente, os proprietários não encontravam serviços de qualidade e tinham muita dificuldade em substituir peças. 

Confira nosso guia de carros importados.

Por outro lado, a Peugeot e a Citroën inicialmente direcionaram os seus produtos para um público com maior poder aquisitivo, o que elitizou os veículos e diminuiu a procura, dificultando a revenda. Esse direcionamento teve um impacto na desvalorização dos carros. 

Como a realidade vem mudando?

Atualmente, as duas marcas buscam se aproximar mais do público com menor poder de compra, facilitando as condições de aquisição e manutenção dos seus veículos e reduzindo a desvalorização. Hoje o Grupo PSA possui uma grande fábrica de veículos em Porto Real, no estado do Rio de Janeiro. 

Aliada aos escritórios da companhia no Brasil, a produção automotiva nacional permitiu tornar os carros mais acessíveis ao público. Realizar a manutenção também já não é um desafio para os proprietários, já que tanto a Peugeot quanto a Citroën possuem uma rede de assistências autorizadas espalhadas pelo país. 

Como resultado de ações estratégicas da indústria nos últimos anos, a Peugeot tem lançado modelos de excelente custo benefício e está recuperando a sua reputação no mercado brasileiro. Em 2019, os modelos 3008 e 5008 ficaram entre as menores taxas de desvalorização do mercado. A perspectiva para o futuro é de que a Peugeot e a Citroën conquistem cada vez mais o público brasileiro. 

A grande vantagem dessas marcas é o investimento em pesquisa e desenvolvimento, que faz os carros chegarem ao mercado com um excelente nível de tecnologia embutida. Por isso, o nosso veredito final é de que, sim, vale a pena ter um Peugeot ou um Citroën.

Conheça as características que valorizam ou desvalorizam o carro na revenda.

Vale destacar que o Grupo PSA está em processo de fusão com o Grupo FCA, dono das marcas Fiat, Chrysler e Jeep. O resultado será a Stellantis, um grande grupo industrial que reunirá algumas das maiores marcas do mercado sob a mesma administração. 

 

O que procurar nos carros da Peugeot e da Citroën

Você já sabe que comprar um carro da Peugeot e da Citroën pode ser um ótimo negócio. Agora vamos falar de alguns recursos para você ficar de olho nessas marcas. 

Transmissão automática de 6 marchas

A transmissão de 6 marchas vem transformando os modelos das marcas francesas e conquistando seu espaço no mercado de câmbios automáticos. Essa tecnologia vem sendo bastante elogiada pelos consumidores.

Motor 1.2 Pure Tech

Um dos melhores motores do mercado, o 1.2 Pure Tech entrega um bom desempenho sem recorrer ao turbo. É uma ótima escolha para quem gosta de combinar potência e economia.

Motor THP flex

Quem gosta de carro francês sabe que o motor THP sempre foi bom, mas sofria um pouco com a falta de versatilidade no combustível. Com a versão flex, os modelos THP são mais acessíveis e custam menos para o dia a dia do consumidor. 

 

Está pensando em comprar um Peugeot ou Citröen? Confira nosso estoque de seminovos e encontre o modelo certo para você!

VOLTAR AO INÍCIO