Categorias

7 vantagens e desvantagens dos motores flex
17 mar

7 vantagens e desvantagens dos motores flex

Na hora de comprar um carro, muitas características são levadas em conta. Estilo, categoria, equipamentos e funcionalidades são apenas alguns dos aspectos que os consumidores consideram antes de chegar a uma decisão. O que muitas pessoas se esquecem de considerar é a eficiência energética e o grau de poluição. 

Com certeza você já ouviu falar dos carros com motor flex. Nesse post, você vai descobrir as vantagens desse tipo de veículo e quais são os melhores modelos no mercado.

 

O que são motores flex

Os motores flex funcionam tanto com gasolina quanto com etanol. O nome vem exatamente da flexibilidade de utilizar dois tipos de combustível. Esse tipo de motor possui sensores na injeção eletrônica que identificam se o veículo foi abastecido com gasolina ou etanol, bem como a porcentagem de cada combustível em caso de mistura.

 Essa tecnologia estreou no Brasil em 2003, com a terceira geração do Volkswagen Gol, e rapidamente conquistou o mercado e a produção automotiva no Brasil. Atualmente, os veículos com motor flex ocupam a maior parte da indústria nacional.

 

7 Vantagens e desvantagens dos motores flex

Veja a seguir algumas das principais vantagens e desvantagens dos carros com motores flex. 

1. Incentivo à indústria nacional

Como mencionamos acima, a maior parte da produção automotiva brasileira é composta por carros com motor flex. Ao optar por modelos com essa tecnologia, você incentiva uma indústria que movimenta a economia nacional e que gera milhares de empregos no país. 

2. Poder de escolha

Consumidores diferentes possuem necessidades muito diferentes. E ter o poder de escolha na hora de abastecer o carro é muito importante para que todos sejam beneficiados. Com a grande oscilação dos preços da gasolina e do álcool, ter maior autonomia sobre o seu consumo é uma grande vantagem.

3. Impacto ambiental

Com a poluição ambiental chegando a níveis alarmantes, muitas pessoas começaram a reavaliar seus hábitos de consumo, e isso inclui a escolha do combustível. O etanol produz bem menos resíduo poluente que a gasolina. Por isso, o carro flex pode ser mais sustentável.

4. Custo de compra

Como a produção de carros com motor flex é muito forte no brasil, existem incentivos governamentais para os consumidores darem preferência para esse tipo de veículo. Por isso, você pode acabar encontrando modelos flex com custo reduzido e maior facilidade no financiamento.

5. Facilidade para revenda

Ter um motor flex pode valorizar bastante o carro. Como muitas pessoas gostam do poder de escolha que essa tecnologia oferece, a grande procura torna mais fácil revender o seu veículo. Saiba mais sobre fatores que impactam no valor do carro.

6. Dias frios

Essa é uma das desvantagens mais comuns dos veículos flex. Os modelos mais antigos tendem a ter um pouco de dificuldade em dar partida nos dias frios por conta da temperatura do combustível. Esse problema pode dar um certo trabalho para quem tem um carro com mais anos de uso, por isso é bom se atentar para o clima da sua região e preparar o motor um pouco antes da hora de sair de casa. No entanto, nos modelos mais novos, esse problema já foi corrigido pelos fabricantes.

7. Problemas com motor

Uma das principais características do etanol é que ele absorve mais sujeira do que a gasolina. Por isso, abastecer somente com etanol por muito tempo pode causar alguns problemas no carro. Para evitar danos, basta abastecer com gasolina de vez em quando para limpar o motor.

Vale lembrar que, de qualquer forma, não é recomendado usar o carro na reserva de combustível, já que o acúmulo de resíduos no fundo pode danificar o motor.

 

Pode misturar etanol e gasolina?

Essa parece ser a dúvida mais frequente quando se trata de carros com motor flex. Afinal, será que a mistura dos dois combustíveis danifica o veículo?

A verdade é que o alto grau de tecnologia aplicada no desenvolvimento dos carros flex faz com que esse tipo de motor consiga queimar tanto álcool quanto gasolina, independente da mistura entre os dois líquidos. Os sensores presentes na injeção permitem a rápida identificação do combustível e da proporção da mistura.

 Isso significa que não há problema algum em combinar os dois combustíveis. Mas também não existe nenhum benefício! Ao contrário do que muitos acreditam, misturar a gasolina e o etanol não vai fazer o carro ficar mais potente. 

Para saber mais, leia nosso artigo: Carro flex: pode misturar etanol e gasolina no tanque?

A versatilidade dessa tecnologia permite que cada consumidor possa escolher entre a gasolina e o etanol de acordo com as suas necessidades e com a variação dos preços no mercado.

Vale lembrar que o etanol nem sempre vai ser a opção mais barata, assim como a gasolina nem sempre vai ser mais eficiente. Ambos os combustíveis possuem vantagens e desvantagens que devem ser consideradas na hora de escolher o combustível ideal.

 

9 melhores modelos com motor flex

Os veículos com motor flex a seguir foram selecionados pela eficiência energética e pelo alto custo benefício. Se você está buscando por um veículo versátil, vale a pena apostar nesses modelos. Veja:

  • Chevrolet Onix Plus
  • Toyota Corolla
  • Renault Kwid
  • Chevrolet Onix Hatch
  • Fiat Mobi Drive
  • Volkswagen Up
  • Peugeot 208
  • Fiat Argo
  • Ford Ka

 

Que tal encontrar o modelo flex ideal para você? Confira o nosso estoque de seminovos e descubra o que a AutoCerto pode fazer por você!

VOLTAR AO INÍCIO