Categorias

Carro flex: pode misturar etanol e gasolina no tanque?
28 jul

Carro flex: pode misturar etanol e gasolina no tanque?

Economizar sempre cai bem para a saúde do bolso, não é mesmo? Por isso, muitas pessoas optam pelo motor flex, na possibilidade de dar preferência ao etanol, quando a gasolina está cara. Mas será que misturar esses dois tipos de combustíveis no mesmo tanque é saudável para o motor do seu veículo?

A tecnologia do motor flex foi implantada no Brasil em 2003: o primeiro automóvel a tê-lo foi o Volkswagen Gol, terceira geração. O nome se deve à flexibilidade de poder queimar etanol e gasolina separadamente, ou mesmo a mistura dos dois, em qualquer proporção. Esse sistema possui um sensor no escapamento do veículo que identifica qual combustível está sendo usado. A lambda, ou sensor EGO (Exhaust Gas Oxygen), analisa a quantidade de oxigênio presente nos gases e informa à central eletrônica.

Nem mesmo o baixo poder calorífico do etanol é problema para essa tecnologia. Quem usa essa opção sabe que o motor pode demorar um pouco mais a ligar em dias frios. Porém, os modelos flex mais atuais pré-aquecem o etanol, antes de enviá-lo para a câmara de combustão.

Mesmo que se recomende uma mistura equilibrada entre os dois combustíveis, o famoso meio a meio não é uma regra. O motor do carro não terá problemas ou vícios se der preferência para um, usando menos do outro. Mesmo que utilize apenas um deles por muito tempo, está tudo certo. E não é necessário esperar um combustível acabar para colocar do outro. Se o carro for zero km, você pode abastecer da forma como lhe convir. No entanto, há especialistas advertem que a mudança brusca de combustível pode causar alguns problemas no motor do veículo.

Então usar os dois combustíveis no mesmo tanque é liberado. Mas não se engane! A mistura também não deixa o carro mais potente. 

 

Como saber qual combustível usar?

Para saber que combustível vale mais a pena ser usado, é preciso avaliar que vantagem o motorista busca alcançar. Se objetivo for economizar, confira se o etanol custa até 70% do valor da gasolina. Utilize nossa calculadora de combustível (link).

Ao passo que o etanol melhora o desempenho do veículo, ele também rende menos, pois queima mais rapidamente. A gasolina, por outro lado, tem melhor rendimento, evitando a necessidade de abastecer constantemente. Para viagens longas, essa pode ser uma vantagem, já que se evita paradas, sobretudo em postos de combustíveis pouco confiáveis. Esse combustível também ganha em potência e torque.

Outros pontos que vale analisar é a taxa de poluição do ar, que é menor com o etanol.

 

Prejudicial mesmo é andar na reserva

Atenção: andar na reserva, nem pensar! Independente do combustível escolhido, essa prática não é recomendada. No fundo do tanque pode haver sujeira e impurezas que, se chegarem até o motor, podem prejudicar o desempenho e causar problemas, como a queima da bomba de combustível.

Quer gastar menos combustível? Confira três dicas.

VOLTAR AO INÍCIO