Categorias

Em tempos de crise: comprar carro seminovo é um bom investimento?
28 jul

Em tempos de crise: comprar carro seminovo é um bom investimento?

Em tempos de crise econômica, o segredo para se manter estável é gastar com consciência, para não ter que abrir mão daquilo que é necessário. Para boa parte da população, um carro não é só uma propriedade ou um investimento, mas uma conquista financeira, um equipamento de trabalho e a autonomia de se deslocar sempre que precisar. E para ter ou manter esse bem, muitas pessoas veem vantagens na compra de seminovos.

O primeiro aspecto que levamos em conta é o custo-benefício. Enquanto um carro zero km pode exigir do bolso parcelas altas por um longo período de tempo, um seminovo em condições parecidas, pode custar muito menos. Isso porque ao sair da concessionária, um veículo zero desvaloriza cerca de 15% a 20% no primeiro ano, podendo chegar a 50% no terceiro.

Desta forma, o mesmo valor que gastaria em um carro novo com poucos acessórios, podemos investir em um carro mais completo, bem conservado, com poucos anos de uso e baixa quilometragem rodada. Além disso, quando o segundo proprietário precisar trocar o carro, a desvalorização será bem menor.

 

Impostos e seguro

Se você já possui um carro, já sabe quais são os gastos gerados, mas se for a primeira aquisição, saiba que o valor da compra é só o começo. Por isso, coloque na ponta do lápis e veja o que realmente vale a pena.

IPVA, DPVAT, Licenciamento, emplacamento… Há muitas taxas que precisam ser pagas quando se compra um carro zero km. Um seminovo, por outro lado, tem muitos desses boletos já quitados.

Agora imagine só: você acabou de comprar seu carro, não vai querer ter gastos inesperados, certo? Então para se prevenir de prejuízo financeiro causado por alguma batida, acidente ou até roubo, você precisa de um seguro. Enquanto os carros novos têm a taxa calculada pelo valor de tabela, os seminovos podem sair bem mais em conta.

Por outro lado, se o carro usado já for mais velho, o custo da apólice pode ser mais elevado, principalmente para modelos que já saíram de linha no mercado. Encontrar peças para carros antigos pode não ser nada fácil. As seguradoras, inclusive, têm autonomia para recusar casos como este, se acharem que não vale a pena cobrir.

 

Manutenção e revisão

Considere ainda o custo de manutenção e revisão do veículo. Embora não seja algo comum em todos os modelos, algumas garantias de fábrica se estendem até cerca de seis anos. Por isso, alguns seminovos ainda podem estar dentro da cobertura.

Por outro lado, um carro fora da garantia de fábrica também tem suas vantagens. Sem a obrigação de levar o carro até a concessionária para fazer as revisões de praxe, é possível economizar indo direto no seu mecânico de confiança e mexer apenas naquilo que é necessário. O custo pelo bom serviço pode ficar até mais em conta.

Já se o seminovo for comprado em loja, o próprio estabelecimento pode oferecer algum prazo de garantia. Vale a pena conferir.

 

Já fez sua escolha?

Se você tiver optado por adquirir seu seminovo, antes de fechar negócio, esteja atento às condições de conservação da carroceria e do motor. Leve um mecânico de sua confiança para dar um confere. As documentações do veículo também devem estar em dia, comprovando sua procedência. Para ter mais segurança, você pode optar por fazer a compra em uma loja de seminovos.

Confira a checklist obrigatório para compra de seminovo.

VOLTAR AO INÍCIO