Categorias

Dúvidas na hora da revenda do seminovo
11 jun

Dúvidas na hora da revenda do seminovo

Saber como funciona o mercado de venda de seminovos é chave para não travar uma revenda ou sair perdendo no valor final cobrado pelo veículo. Aqueles que não se informam na hora de negociar, muitas das vezes se tornam um prato cheio para profissionais que pensam apenas em si mesmos. Portanto, antes de tudo, pense muito antes de fechar qualquer negócio. 

Separamos para você algumas dicas de como tornar a revenda do seu seminovo mais tranquila:

 

1- Se atente ao ano e modelo

No mercado de carros, no final das contas, o que mais importa é o modelo do veículo. Muitos veículos muito bem equipados, possuem valores mais altos do que outros menos equipados mas que sejam de anos anteriores. É preciso estar por dentro dos valores do veículo para saber precificá-lo. 

 

2- Valor da Fipe

No final das contas, o carro vale o quanto o consumidor compreende. Numa situação em que você está pedindo R$ 40 mil pelo seu carro porque é o que está na Fipe, se há outro anunciante com exatamente o mesmo veículo pedindo R$ 35 mil, é preciso reconsiderar o seu valor. 

 

3- Quilometragem

A quilometragem do veículo é um dos grande fatores que devem ser observados na hora de revender o seminovo. Um carro que possui menos anos de uso é mais considerado na hora da compra por ter um melhor estado de conservação, à primeira vista. Sendo assim, o seu preço poderá ser maior do que modelos iguais, porém, mais rodados. 

 

4- Equipamentos

Manter o carro com os equipamentos originais também é um grande diferencial na hora da revenda do veículo. É recomendado que, tudo aquilo que não for original de fábrica, seja retirado do veículo que será colocado à venda. 

 

5- Pendências

Caso haja pendências com documentação, essa é a hora de resolver a questão. Antes de colocar o seu carro para venda, é necessário se atentar para isso pois é um fator limitante na hora de fazer o seguro e trará problema futuros para o comprador, podendo ele recorrer à ação judicial contra o vendedor. 

 

Tirou as suas dúvidas? Esperamos que sim! Para conhecer os nossos modelos de seminovo, clique aqui ou entre em contato com a gente!

 

VOLTAR AO INÍCIO