Categorias

Cuidados com os equipamentos de segurança do seu carro
22 jun

Cuidados com os equipamentos de segurança do seu carro

Ao longo dos anos, o mercado automotivo evoluiu para oferecer mais segurança para o consumidor. O processo de desenvolvimento de um novo equipamento demanda muita pesquisa e testagem. Porém, mesmo com a tecnologia, é necessário que o proprietário do veículo tenha alguns cuidados para garantir o bom funcionamento.

Neste artigo, você vai descobrir como você deve cuidar dos equipamentos de segurança do seu carro para conservar os componentes por mais tempo.

 

Como conservar os equipamentos de segurança do seu carro por mais tempo

Conheça a importância de alguns equipamentos de segurança e saiba como cuidar de cada um para conserva-los por mais tempo.

Cinto de segurança

O cinto de segurança é um dos equipamentos de segurança mais importantes do carro. Quando o carro sofre uma colisão, um corpo continua com a mesma velocidade do carro até atingir uma barreira, podendo ser arremessado pelo para-brisa. Com o cinto de segurança, o risco de morte em acidentes cai cerca de 50%, de acordo com dados do Instituto de Segurança do Tânsito (IST).

Para limpar o equipamento, basta usar água morna e sabão neutro. Produtos químicos podem danificar a estrutura do tecido e reduzir a resistência do material. Puxe o cadarço todo pra fora e guarde somente depois de seco.

A maior parte das montadoras recomenda fazer uma verificação anual dos cintos de segurança, avaliando o estado do cadarço e dos engates. Em caso de acidente ou de desgaste, o cinto jamais deve ser consertado e sim substituído.

Sofri um acidente, e agora? Saiba como você deve agir em caso de um acidente de carro para garantir a segurança de todos os envolvidos.

 

Sistema de airbags

O sistema de airbags é um equipamento de segurança complementar que é obrigatório no Brasil desde 2014. De acordo com a National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), o uso desse equipamento reduz o risco de morte em 14% com motoristas e em 11% com passageiros. É importante destacar que o sistema de airbags não substitui o uso do cinto de segurança.

Cada sistema de airbags possui um prazo de validade informado pelo fabricante, por isso sempre guarde o manual do proprietário para futuras consultas. O sistema é monitorado eletronicamente e avisa no painel quando precisa de uma revisão.

Caso tenha sido detonado em algum acidente, o sistema não pode ser reaproveitado e precisa ser substituído. Quando a bolsa infla, ela rompe a tampa no painel e no volante. Assim, se o airbag abriu, não adianta consertar. Viu uma oficina dizendo que conserta airbags? Saiba que é furada!

 

Cadeirinha de criança e bebê conforto

Assim como o cinto de segurança, a cadeirinha e o bebê conforto servem para impedir que o corpo seja projetado para frente em caso de colisão. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o uso desse tipo de proteção reduz o risco de morte em até 60% em caso de acidente.

Para limpar o equipamento, o ideal também é usar ágora morna e sabão neutro para não estragar a espuma e o tecido. A melhor maneira de higienizar a cadeirinha é com a vaporização, assim é possível eliminar germes e bactérias que podem ser prejudiciais.

Para conservar a limpeza, a dica é utilizar uma capa protetora, que pode ser facilmente removida e lavada na máquina. Assim você evita manchas no tecido da cadeirinha e evita o acúmulo de sujeiras entre as peças do equipamento.

Conheça os itens que serão obrigatórios no carro até 2023.

 

Freio ABS

O freio ABS ou Anti-lock Braking System (Sistema de Freio Antitravamento) evita que as rodas travem em uma frenagem de emergência. O sistema não deixa o carro derrapar e permite que o condutor desvie de obstáculos e mantenha o controle do carro. Essa tecnologia ainda diminui a distância de frenagem entre 20% e 30% até a parada total do carro, segundo a NHTSA.

Para cuidar bem do sistema de freios, é importante evitar frenagens bruscas para evitar o empenamento dos discos e o desgaste das peças. Além disso, é necessário ter pneus em bom estado e fazer a revisão de acordo com o recomendado pelo fabricante.  

Da mesma forma que o sistema de airbags, o freio ABS acende uma luz no painel para avisar quando não está em bom funcionamento. Algumas peças, como as pastilhas, precisam ser substituídas regularmente.

 

Vale lembrar que para cuidar bem dos equipamentos de segurança, é fundamental estar com a manutenção em dia. Entenda porque fazer a revisão no seu veículo é importante para prevenir acidentes.

VOLTAR AO INÍCIO