Categorias

Como escolher a melhor forma de pagamento para seu seminovo
7 jul

Como escolher a melhor forma de pagamento para seu seminovo

Investir em um bem de alto valor agregado demanda planejamento financeiro. Por isso, para escolher a melhor forma de pagamento para o seu seminovo, é necessário conhecer e entender as diferentes opções do mercado. 

Selecionamos informações sobre as quatro principais formas de pagamento no mercado automotivo: à vista, leasing, consórcio e CDC.

 

Compra à vista

A compra à vista é uma das modalidades mais vantajosas de pagamento. A aprovação de compra é bem mais rápida que o financiamento, e há mais flexibilidade na negociação com o vendedor. Além disso, é um excelente negócio para quem quer economizar com taxas de serviço e juros. 

Se você tem dinheiro suficiente para cobrir o valor do veículo e ainda manter uma reserva de emergência, pode apostar na compra à vista. Porém, se você não tem todo o dinheiro ou se pagar à vista vai acabar com a sua reserva de emergência, é melhor investir em outras formas de pagamento parcelado.

 

Financiamento

O financiamento é uma opção para quem não possui o dinheiro para pagamento à vista e pode se comprometer com uma dívida a longo prazo. O ideal é que as parcelar comprometam no máximo 30% da sua renda. Uma informação importante é que essa modalidade depende da reputação de crédito do comprador. Dependendo da situação no banco de dados do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) ou do Serasa, pode ser mais difícil conseguir um financiamento.

O financiamento de seminovos é bastante parecido com o de carros 0km. A principal diferença está nas taxas, que pode variar de acordo com a desvalorização do veículo.

Confira a seguir os três diferentes tipos de financiamento que existe no mercado automotivo brasileiro.

 

Leasing 

Como o próprio nome já diz, o leasing funciona como um aluguel. O carro fica no nome da instituição financeira até o comprador quitar todas as parcelas. Quando o financiamento estiver pago, a titularidade do carro pode ser alterada.

A grande vantagem do leasing é que os juros são definidos no contrato e não sofrem alteração no decorrer do tempo de pagamento. Por isso, é uma ótima opção para quem gosta de previsibilidade financeira. No entanto, a grande desvantagem é que, no caso de inadimplência, o veículo é tomado do comprador, que não recebe nenhuma parcela dos pagamentos anteriores.

 

CDC

O Crédito Direto ao Consumidor ou simplesmente CDC funciona como um empréstimo direto do banco para o consumidor. O carro já sai da concessionária no nome do comprador, mas não pode ser negociado para terceiros até o fim do pagamento de todas as parcelas.

Assim como no leasing, os juros do CDC são fixos e determinados no contrato. Por ser uma modalidade de empréstimo, está sujeita às variações do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF). Caso o consumidor seja inadimplente, o banco faz uma solicitação judicial e o carro vai a leilão. O valor da venda é utilizado para quitar os débitos, e em caso de excedência, o restante retorna para o consumidor.

 

Consórcio

O consórcio é feito através de uma empresa administra que um grupo de consumidores para pagar as prestações do financiamento. Todo mês, um dos membros é sorteado para receber o veículo. Além do sorteio, os consorciados podem oferecer um adiantamento das parcelas. Assim, o maior lance é o vencedor do consórcio. 

A vantagem é que essa forma de pagamento não possui taxa de juros, mas sim uma taxa de serviço, que varia de instituição para instituição. Porém, a desvantagem é que o consumidor pode demorar bastante a ter o veículo em mãos. Outro ponto negativo é que o preço das parcelas acompanha o preço do veículo e taxas como IOF. Em caso de inadimplência, o consorciado é considerado excluído e passa a concorrer com outros clientes na mesma situação. 

 

Como identificar a melhor opção de pagamento para você

É importante destacar que a melhor forma de pagamento é sempre aquela que cabe no seu bolso. Por isso, fazer um bom planejamento financeiro é o primeiro passo para entender as suas necessidades. 

Comece colocando no papel todos os seus gastos recorrentes, desde a alimentação até a moradia. Depois, faça uma estimativa de todas as despesas que você vai ter com o seu carro, incluindo manutenção e impostos. Dessa forma, você consegue enxergar melhor como o carro vi se encaixar no seu orçamento. 

Esse planejamento vai ajudar não só a escolher forma de pagamento ideal, mas também a decidir qual modelo de veículo é certo para você. Organizar suas informações financeiras com antecedência permite negociar melhor as condições da compra.

 

Na dúvida, o ideal é contar com a ajuda profissional. Na AutoCerto, você encontra profissionais especializados para ajudar você a encontrar o melhor seminovo e a melhor forma de pagamento. Entre em contato com a nossa equipe e descubra como podemos ajudar você a tomar a melhor decisão de compra. 

 

VOLTAR AO INÍCIO