Categorias

Venda de carro: saiba como preparar bem o seu automóvel
15 jul

Venda de carro: saiba como preparar bem o seu automóvel

Se seu carro não atende mais às suas necessidades e é hora de vendê-lo, preparar bem o automóvel pode contribuir para valorizá-lo no mercado. Existem três fatores que podem influenciar no preço do seu seminovo: aparência, mecânica e documentação.

 

Aparência

A estética é a primeira coisa observada pelo comprador. Um carro limpo e com odor agradável, com a pintura conservada, sem arranhões ou amassados chamará mais atenção. Se necessário, faça um polimento e providencie reparos para tornar seu veículo ainda mais atraente.

 

Mecânica

Antes de colocar um seminovo à venda, é importante fazer uma revisão das peças, checando freios, marcha, engrenagem, condições do motor e se há ocorrência de ruídos, por exemplo. Os pneus também merecem atenção. Vale observar se estão carecas e se a suspensão, o alinhamento e o balanceamento das rodas estão corretos. Qualquer irregularidade pode comprometer a segurança do motorista e dos passageiros.

Se o proprietário tiver o manual do carro e os certificados das revisões realizados, pode ser um ponto positivo para mostrar os cuidados que teve com o veículo. Também é importante ter em bom estado: macaco, triângulo de sinalização, chave de roda e estepe.

 

Documentação

O veículo não pode ser vendido com pendências. Antes de vender um seminovo, verifique se há registros no Detran de possíveis débitos de multas ou impostos. Mantenha em dia o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e o seguro obrigatório (DPVAT). Tenha também em mãos o Certificado de Registro de Veículos (CRV) e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos, onde devem constar registros de quaisquer modificações realizadas no motor, lataria ou equipamentos do carro, devidamente homologadas pelo Detran. No momento da venda, também é necessário dispor de um certificado de transferência, datado, preenchido e com firma reconhecida.

 

Lembre-se

Se seu veículo não está em condições adequadas, fazer os devidos reparos é um investimento. Afinal, se a compra gerar ainda mais gastos para o comprador, ele pode achar que não vale a pena fechar negócio.

VOLTAR AO INÍCIO